Sem querer me intrometer | Mariana Baptista

Resenha: Confesso que Menti | Justine Larbalestier

2 opinaram |


Título: Confesso que Menti
Original: Liar
Autora: Justine Larbalestier
Editora: Galera Record
Páginas: 319
Avaliação: ★★★ (3/5)




Micah Wilkins é uma mentirosa compulsiva. Para ela, mentir é tão natural quanto respirar. Por isso é preciso prestar muita atenção a seu relato e desconfiar de tudo o que ela disser. Por que ela mente? É um segredo que envolve o outro. Tudo começou quando ela nasceu com a doença da família. E desde então Micah criou um labirinto de mentiras para manter todos afastados da única e terrível verdade. Mas quando seu namorado Zach é encontrado morto em circunstâncias violentas e misteriosas, o comportamento nada confiável da menina a transforma na principal suspeita do crime. Agora, para desvendar essa trama e provar sua inocência, Micah Wilkins promete contar apenas a verdade e nada mais que a verdade.

     Antes de qualquer outra coisa, já adianto para vocês que ao começar a ler Confesso que Menti eu estava com as expectativas bem baixas em relação ao livro ― temi que a narrativa fosse confusa  e agora, com a leitura concluída, posso afirmar que a trama realmente não me conquistou.

     No livro, conhecemos Micah Wilkins, uma mentirosa compulsiva de dezessete anos de idade que desde pequena arquiteta perfeitamente suas invenções e estórias para fazer com que todos ao seu redor acreditem até mesmo nos maiores absurdos criados por sua mente. A garota, inclusive, inventa traços de personalidade para si mesma e apresenta seus pais e a realidade de sua família de uma forma bastante distorcida da realidade.

Vou contar minha história, e vou contá-la direito. Sem mentiras, nem omissões.
Essa é a minha promessa.
Dessa vez é verdade. Parte 1, pág. 9

     Recentemente, o namorado de Micah, Zachary Rubin, foi encontrado morto em circunstâncias estranhas e muitas dúvidas são levantadas diante da tragédia. É nesse ponto que a trama de Confesso que Menti começa a se desenrolar e, por ser narrada em primeira pessoa pela mentirosa, torna-se cada vez mais densa, confusa e inconclusiva.

     Com a investigação do crime em andamento, Micah se afunda cada vez em mais mentiras e acaba sendo inserida em um problema muito maior: Ela, que sempre fora excluída na escola e nunca teve amizade com ninguém, se vê totalmente comprometida com um caso que traz o envolvimento de Sarah Washington, apontada como a verdadeira namorada de Zach, e Tayshawn, melhor amigo da vítima, em busca da verdade sobre o que aconteceu.

     Apesar de o tema principal da estória pessoas que mentem compulsivamente  ser muito interessante e ter, particularmente, bastante relação com algumas situações pelas quais passei na minha vida pessoal, não consegui me envolver com a estória pelo simples fato de que não se pode acreditar em nada que é narrado no livro. Mesmo com as explicações cedidas nas últimas páginas de Confesso que Menti, o leitor fica às cegas quanto à veracidade dos fatos, afinal, esses estão sendo narrados por Micah. E ela não diz verdades. Ou será que diz?

Ser uma mentirosa não é fácil. Para começar, você tem que rastrear as mentiras. Lembrar-se exatamente do que disse e para quem disse. Porque a primeira mentira sempre leva a uma segunda.
Nunca existe só uma mentira. Parte 3, pág. 187

     Honestamente, a sensação de dúvida e suspeita que me acompanhou durante todas as 319 páginas do livro conseguiu me frustrar muito, fazendo com que, mesmo com a narrativa dinâmica e rápida da estória  com capítulos curtos e linguagem informal, eu levasse longos dias para concluir a leitura.

     O trabalho da Galera Record foi muito bem realizado. A diagramação, tradução e revisão de texto estão impecáveis, porém fiquei um pouco decepcionada com a escolha da capa que, apesar de seguir o padrão da original, não associou-se à verdadeira personagem, considerando que Micah mantinha um estilo mais despreocupado e simples do que o destacado na modelo da foto.

     Sem mais delongas, Confesso que Menti destaca-se pela inovação de sua trama inconstante e não-confiável, porém pode trazer muito aborrecimento aos leitores que, assim como eu, gostam de casos resolucionados de forma incontestável.

[Campinas/SP] Final de Semana Literario

10 opinaram |
     Não tenho certeza se vocês sabem, mas eu moro em Campinas, uma cidade (razoavelmente) grande do interior de São Paulo. Aqui, não costumávamos ter muitos eventos literários, mas para noooossa alegria! ― a situação tem mudado e a cidade recebe cada vez mais autores, blogueiros e editoras para realizar encontros onde falamos sobre nosso assunto favorito: Livros!

     Esse final de semana, particularmente, vai ser muito especial para os apaixonados por livros da região ― inclusive para mim! ―, pois teremos dois eventos maravilhosos na Saraiva do Shopping Iguatemi. No sábado (27/09), a programação está garantida com o Mochila Literária e, no domingo (28/09), o grupo Estoriadores fará sua primeira reunião aberta :)

     O Sem Querer me Intrometer é um dos blogs parceiros dos dois eventos, então estarei lá \o/ Pronta para pagar alguns micos e atacar de fangirl, como costumo fazer quando o assunto é literatura hahaha Quem for da região e resolver ir aos eventos, conversa comigo, tá?

     Agora, algumas informações mais detalhadas para quem se interessou:

Data: 27/09 | Local: Saraiva, Shopping Iguatemi - Campinas/SP | Horário: 14:00h
O Mochila Literária já é um projeto conhecido pelos fãs da literatura nacional. Com eventos espalhados por todo o Brasil, chegou a vez de Campinas ― por intermédio do autor Wilson Santos, de O Amor de Deus  receber vários escritores maravilhosos que irão apresentar melhor o(s) seu(s) livro(s) e bater um papo descontraído com o público presente ;) 
*Confirme presença pelo Facebook clicando aqui.

Data: 28/09 | Local: Saraiva, Shopping Iguatemi - Campinas/SP | Horário: 15:00h
O grupo Estoriadores, formado por Rodrigo Mendes (autor de Atemporal), reúne cinco autores e duas blogueiras com a finalidade de discutir sobre literatura e tudo mais que envolva o mercado literário atual. Com apresentações inusitadas e muito espaço aberto ao público para participar dos debates, o grupo realizará seu primeiro encontro nesse final de semana.
*Confirme presença pelo Facebook clicando aqui.

     E é isso! Quero ver todo mundo da região nos eventos, hein? ;)
     Mas antes de qualquer coisa, me conta nos comentários: De qual cidade você é? Costumam ter eventos literários por aí? Você já foi em algum deles? Quero saber tudo!

*ESSA POSTAGEM É VÁLIDA PARA O TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO*

Novidades #10: "Cafe Forte", de Eliane Quintella

9 opinaram |

     Quem aí já ouviu falar da trilogia nacional Pacto Secreto? Quem acompanha a blogosfera deve ter lido várias resenhas super positivas do livro que conquistou vários fãs e agora ― para felicidade geral da nação ― a escritora Eliane Quintella lançou recentemente, no Amazon, mais uma obra instigante e misteriosa, Café Forteque promete ser tão viciante quanto o próprio café. Um livro repleto de cenas fortes, mistérios, vinganças e, é claro, muito sangue e café!  


Miguel vê sua namorada aterrorizada por um demônio. Ele não acredita, acha que há alguém por trás de tudo e resolve descobrir quem é. Nessa jornada, o ceticismo e o amor de Miguel são colocados à prova e ele descobre muito mais do que podia imaginar.



     Gostaram da novidade e da premissa do livro? Eu confesso que fiquei muito curiosa!
     Em breve trago a resenha para vocês, mas enquanto isso, não esqueçam de comentar ;)

*ESSA POSTAGEM É VÁLIDA PARA O TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO*